Profissão de barbeiro está em alta

Com a recente valorização da estética masculina no mercado de beleza,  as barbearias têm conquistado cada vez mais espaço na vida do homem moderno.

Por um período, esse ramo passou por uma fase de declínio, com a popularização da lâmina de barbear, que trouxe liberdade e autonomia para o homem fazer a própria barba. Mas a tradição desse tipo de negócio nunca deixou de existir. Se antes ficava localizado na esquina, fazendo um serviço e um atendimento abaixo das expectativas, hoje, os barbeiros se reinventaram e entraram no mercado para conquistar até os homens mais conservadores. 

Se você pretende trabalhar com barbearia, saiba que este é o momento para quem está em busca de oportunidades!

Mercado de beleza masculina em alta

A vaidade e o cuidado com a aparência estiveram por muito tempo restritos ao mundo feminino, muito por conta de rígidos padrões culturais criados pela própria sociedade.

Hoje, com preconceitos e barreiras sendo rompidos, os homens estão mais à vontade para expressar e mudar seu visual, estão mais abertos às tendências relacionadas ao estilo e aos cuidados pessoais.

Esse novo comportamento, aliás, se reflete em números cada vez mais expressivos de um nicho que não para de crescer. E a tendência é de que o setor de cuidados pessoais masculinos no país cresça cada vez mais.

Origem da Barbearia: muito além de cuidar da aparência

Os barbeiros surgiram na Grécia Antiga como especialistas em práticas de cura, fazendo extrações dentárias e pequenas cirurgias. Com a transformação da profissão, desde o século 19, as barbearias passaram a ser um espaço para homens que buscavam mais do que só fazer a barba e cortar o cabelo.

A barbearia passou a ser uma ótima oportunidade de convivência, para encontrar amigos e jogar conversa fora. 

Hoje, a barbearia se tornou uma tendência de negócios e vem retomando um pouco dessa tradição.  Muitos estabelecimentos oferecem serviços especializados de barba e cabelo, e ainda proporcionam atendimento diferenciado, apostando em temas que costumam agradar os clientes. Além de cuidar do visual, investem em um ambiente bacana com diferentes serviços.

Alguns exemplos:

  • Serviços de bar;
  • Venda de cervejas artesanais;
  • Mesas de sinuca;
  • videogames;
  • venda de cosméticos masculinos;
  • outros serviços estéticos, como limpeza de pele, depilação, podologia.

Com isso, as barbearias conquistam e fidelizam a clientela masculina.

Ficou animado?

Para ingressar na área, você precisa de um bom curso

Antigamente, era comum o aprendizado na área de barbearia passar de pai para filho. Hoje, o mercado pede um profissional com uma formação apropriada. Ele deve estar preparado!

Em resumo, um curso de barbeiro aborda:

  • Corte com graduação (degradê);
  • Postura no atendimento ao cliente;
  • Higienização pessoal e de máquinas;
  • Regulagem de máquinas;
  • Técnicas de barbas.

Além disso, é no curso que futuro barbeiro terá o primeiro contato prático com as técnicas de barbear e cortes de cabelo. Esses exercícios supervisionados por um profissional experiente são fundamentais para uma boa formação.

Gostou? Veja mais sobre o nosso Curso de Barbeiro Profissional.

Artigos Relacionados

Respostas