Dia Mundial da Educação

Hoje comemoramos o dia da educação. Uma data que deve ser usada para analisar como está a educação no mundo? Anteriormente falamos do impacto da educação no Blog e agora vamos entender um pouco da importância desse dia.

Continue lendo para conhecer a história desse marco.

Encontro de Dakar

Mais de 180 países se reuniram em 2000 para se comprometer mundialmente pela educação básica e por ampliá-la. O ‘’Marco de ação Dakar, educação para todos: cumprindo nossos compromissos coletivos’’ foi um documento assinado por 164 nações em que todas se comprometeram a cumprir o acordo.

Com seis metas a serem atingidas e um cronograma estabelecido em sua agenda, o documento tinha um prazo até 2015. O número de pessoas analfabetas era de 880 milhões naquele tempo, em torno de 20% de toda a população do mundo.

Os jovens que não estavam indo a escola era de 113 milhões e destes 110 moravam em países em fase de desenvolvimento. 

Metas estabelecidas na declaração:

  1. ‘’expandir e melhorar o cuidado e a educação da criança pequena, especialmente para as crianças mais vulneráveis e em maior desvantagem;
  2. assegurar que todas as crianças, com ênfase especial nas meninas e crianças em circunstâncias difíceis, tenham acesso à educação primária, obrigatória, gratuita e de boa qualidade até o ano 2015;
  3. assegurar que as necessidades de aprendizagem de todos os jovens e adultos sejam atendidas pelo acesso equitativo à aprendizagem apropriada, a habilidades para a vida e a programas de formação para a cidadania;
  4. alcançar uma melhoria de 50% nos níveis de alfabetização de adultos até 2015, especialmente para as mulheres, e acesso equitativo à educação básica e continuada para todos os adultos;
  5. eliminar disparidades de gênero na educação primária e secundária até 2005 e alcançar a igualdade de gênero na educação até 2015, com enfoque na garantia ao acesso e o desempenho pleno e equitativo de meninas na educação básica de boa qualidade;
  6. melhorar todos os aspectos da qualidade da educação e assegurar excelência para todos, de forma a garantir a todos resultados reconhecidos e mensuráveis, especialmente na alfabetização, na matemática e em habilidades essenciais à vida.’’

Essas metas foram atingidas?

Em 2015 cada uma das Nações apresentou o relatório e a ONU ficou encarregada de apresentar as informações oficiais do “Relatório de Monumento Global EPT — Educação para Todos“. 

Foi realizado muito progresso, mas ainda há muito a ser feito. No relatório existe a informação de que houve a diminuição pela metade de crianças e adolescentes fora da sala de aula desde a assinatura do documento em 2000.

Aproximadamente 34 milhões de crianças foram a escola  por causa deste acordo.  ONU considera um resultado moderado e afirma que cerca de 58 milhões de crianças estão fora da escola e 100 milhões não irão completar o nível primário de educação no mundo todo.

Outra preocupação é o aumento de desigualdade, as pessoas não tão favorecidas e mais pobres ainda são prejudicadas pela falta de inclusão.

Investimentos 

O documento aponta que deveria-se ter mais recursos para alcançar qualidade e amplitude. De fato os governantes investiram mais, porém não priorizaram a educação no orçamento. Em sua maioria nem 4% do PIB ou 20% do orçamento recomendado foi investido. No Brasil foi cerca de 6,6% do PIB destinado a área.

Qual caminho seguir?

Depois da apresentação do relatório em 2015 criou-se um novo documento. Este documento tem um prazo de cumprimento das metas até 2030. O Brasil faz parte dos países que assinaram a documentação. 

Foram mais de 150 países que se comprometeram a destinar entre 4% e 6% de seus PIBs. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) o Brasil está investindo 6,6% do PIB no setor. Porém é necessário empregar estes recursos de maneira mais eficaz trazendo mais qualidade a educação.

Agora que conhecemos os benefícios desta data, é hora de refletir sobre as metas alcançadas e o que precisa ser feito para avançar. Soluções simples, porém necessárias para valorizar a educação e transformá-la na ferramenta mais importante para construir uma sociedade melhor.

Gostou? Compartilhe com seus amigos e discuta sobre o tema com eles.

Até a próxima

Artigos Relacionados

Respostas